28 de junho de 2007

Alívio...

6 comentários:

Anônimo disse...

Guabiras:
como sempre ácido, escroto
(no bom sentido!) e tolerante
ao extremo dos mais extremos cartunistas...
perde amigos (ou fãs, que se fodam o que ouvem...), mas não perde a piada!
òtima sacada (?).
Talvez assim o litoral de nossa cidade, essa Fortaleza puta e bandida, volte a calma que era.
Tudo que é demais é veneno.
Renato Albuquerque

Adelmario disse...

deve ser piada interna né?
ou vc não gosta de bob? =p

falow!

Sou a da ft... disse...

kkkk
eu tenhu pavor de raggae...
mais tadinhu doi bob gente...
n merecia...
ate q o bixim canta alguma coisa...
rsrsrs

Malebranche disse...

Morte aos hippies.
No oitavo dia Deus criou o crack, que está dizimando essa raça suja.
Palavra da salvação!

jj disse...

até hoje não entendo, o pq de toda essa veneração idiota por este mafioso maconheiro vagabundo, que nunca tocou e nem cantou porra nenhuma na vida - pois o bonzão da jamaica em materia de regae era mesmo o Peter Tochinha. O Bobinho em questão, era apenas um serzinho paranoico, violento e covarde, que acreditava em fantasmas (lógico - com toda a erva que ele fumava...) mandava os seus campangas descer o cacete (cano de ferro, correntes, pedaço de pau e 38 dentro da boca) nos radialistas que não tocavam suas porralouquicies. se ele fosse um cabeçona chata, tinha que recrutar um verdadeiro exercito para trucidar os jabazeiros da nossa terra seca.

Malebranche disse...

JJ, fala aí: tu és um hippie né? Fumas maconha, cabelinho rasta, toquinha de renda, aposto.
Nem Tosh nem Marley. O fim do reggae foi decretado há 30 anos.
Supera, cara.