15 de setembro de 2008

BLOGS DA MINHA VIDA - PARTE 01

[ RETICÊNCIAS E PARÊNTESES...

Rafael Oliveira é só mais um dos milhões
de revoltados que existe em Fortaleza,
mas - convenhamos - o cara é o mais divertido de todos!

Talvez por isso que nos damos tão bem e
eu ainda sinto saudades da sua cara amarrada
desde quando ele saiu do Jornal O POVO - onde
era contínuo da Redação - pra budejar em
outras freguesias...
...
Mas Rafael não sumiu, faz FANOR de noite,
continua ouvindo seu Led Zeppelin
(razão por ser perturbado!) e agora
resolveu desembuchar suas lambanças
em um blog.
Mas não é um blog gasturento,
marrento, cheio de picuinhas de quem
se mete a jornalista de lan house ou
simplesmente aprendiz a lá Lúcio Ribeiro.
(putz! fui profundo...).
É um senhor blog!

Vai um texto do Rafa sobre relógios
de terminais de ônibus que tá lindo de fuder.
Depois falaremos de outros...
.
RELÓGIO DE TERMINAL
Aí você tá atrasado e quer saber
que horas são mas não tira o celular do bolso
com medo de ladrões. Uma boa solução seria
consultar aqueles relógios/postes que têm em terminais de
ônibus e em alguns cruzamentos. Mas já notou que toda
vez que você olha pra saber as horas ele nunca mostra? Nunca!
Não teve uma vez sequer que eu olhasse pra ele e as horas
estivessem lá. São como o papai-noel, só aparecem quando
ninguém tá olhando.
Na maioria das vezes que eu olho ele tá mostrando
a temperatura. Pra quê eu preciso saber a porra da temperatura??
Quando tá fazendo frio eu sinto que tá fazendo frio, quando tá
calor eu sinto o suor escorregando nas costas. Eu não preciso
de um painel me informando exatamente quantos graus
está fazendo. Isso não vai me ajudar em nada.
Fico pensando, será que a primeira pessoa que pensou em
colocar a temperatura no relógio imaginou que alguém irir
parar no meio do terminal e pensar: "Rapaazz, tá muito quente viu!
Preciso saber quantos graus, exatamente, está fazendo agora...".
Não! Eu tô atrasado, eu quero saber que horas são!
E essa mesma burrice tem nos letreiros do ônibus.
Explico. Você está na parada esperando há 15 minutos.
Vem um ônibus e você olha pra saber se é o que você está
esperando. E o que aparece? "COMBATA A DENGUE!"...
ou pior, as vezes tem "BOM DIA".
Porra, como é que se responde um "BOM DIA" a um ônibus?
.
Apreciem mais no BLOG do cujo.
[AQUI]

7 comentários:

Jessika Thaís disse...

Eiii, esse blog eu conheço, e adoro tbm. Guabiras nem se vc lembra de mim, mas qualquer dia apareço aí pela redação pra perturbar o pessoal da arte[hehehe].

abração.

Patrícia disse...

Fui bater lá. Adorei esse texto do busão e dos relógios!

Guabiras disse...

Jessikaaaaaaaaaaa
claro que lembro
de tu, coisinha!

Aparece mesmo pela Arte
que tu será sempre
bem-vinda.

Perturba-perturba !
ah ah

lluiza disse...

Também conheço o blog. É um dos meus preferidos. O jeito que o autor expõe suas inquietudes do cotidiano é o diferencial do blog.

Gosto muito!

vale o espeaço aqui!

Rafael Oliveira disse...

maaxu, tu coloca isso aí...
e se as pessoas visitarem mesmo o blog...tô lascado!

(...)

Vevezynha disse...

... eu sofro com estes relógios. principalmente pq sou míope de 10 graus, qdo tô quase vendo o troço muda!

Ísis disse...

Exe blog é óptimo!!!! O Rafael é de uma ironia impagével... merece realmente exa "homenagem"!! SHOW!!!